Our Blog

Auditoria contábil: Um super guia sobre o tema para os profissionais da área

Por Gisleise Nogueira / 7 de fevereiro de 2019

Cadastre-se em Nossa Newsletter

Receba em seu email toda semana as nossas publicações para você se manter sempre em dia sobre as atualizações do SPED.

auditoria contábil

Muito provavelmente você já ouviu falar em auditoria contábil. Mas você sabe realmente o que significa a auditoria contábil e qual é o seu objetivo? Ou, ainda, quais benefícios isso pode retornar para o seu negócio?

Pois bem, continue lendo este post blog e você vai ficar sabendo de tudo isso e um pouquinho mais sobre a auditoria contábil.

Inegavelmente a auditoria foi inventada pelos ingleses que, desde o ano de 1314, já realizavam procedimentos de auditoria em contas públicas.

Os ingleses também foram pioneiros no comércio e na construção das atividades comerciais.

E posteriormente os serviços de auditoria naturalmente encontraram seu espaço na economia comercial e mundial permanecendo necessário até os dias atuais.

Uma vez que o verbo auditar tem origem na palavra em latim audire, que significa ouvir, decerto a palavra auditoria teve como primeiro significado “o ouvir”.

Contudo, ainda na Inglaterra, a palavra alcançou uma utilização mais abrangente, pois em seus primórdios os auditores ingleses além de ouvir tinham como função verificar se o que estava planejado estava realmente sendo cumprido.

Afinal, o que é auditoria contábil?

Dessa forma podemos definir a auditoria contábil como um conjunto de procedimentos e atividades técnicas, exercidas de forma sistematizada numa empresa.

Essa sistematização abrange a avaliação e o exame dos procedimentos e das operações realizadas, visando apurar a exatidão dos registros contábeis com a realidade das operações, descritos em um relatório denominado parecer.

Auditoria Externa e Interna

Com toda a certeza, quando falamos de processos de auditoria podemos ter dois tipos: os processos de AUDITORIA INTERNA, realizados por um auditor interno empregado da empresa, e os processos de AUDITORIA EXTERNA, realizados por auditor independente (externo) sem ligação direta com o contratante.

Ambas auditorias são extremamente importantes no dia a dia das empresas. No entanto, algumas diferenças tornam os objetivos de uma e de outra divergentes.

Objetivos da auditoria contábil

A auditoria interna tem como foco principal a implantação e o cumprimento dos regimentos, normas e políticas internas visando implementar e checar o nível de segurança dos controles internos da organização.

A auditoria externa tem o objetivo de examinar os procedimentos e as demonstrações contábeis com o fim de emitir um parecer sobre estes.

Nesse segundo caso a tarefa do auditor é garantir que a posição financeira e patrimonial da entidade auditada esteja corretamente representada.

Obrigatoriedade de auditoria independente (externa)

Ademais, as empresas de grande porte, ou seja, aquelas que possuem ativo total superior a R$ 240.000.000,00 (duzentos e quarenta milhões de reais) ou receita bruta anual superior a R$ 300.000.000,00 (trezentos milhões de reais) estão obrigadas por lei a submeter suas demonstrações contábeis a auditores independentes (externos).

05 Principais benefícios da auditoria contábil

Os benefícios da auditoria contábil são percebidos tanto na administração da empresa auditada quanto na sociedade bem como na autoridade tributária.

Abaixo relacionamos alguns deles:

  • Na área administrativa, a auditoria contábil diminui a negligência e ineficiência dos processos;
  • Os administradores da empresa podem beneficiar-se do relatório da auditoria sobre a adequação das demonstrações contábeis, assim como das sugestões de melhorias nas operações e outras informações que agregam valor na tomada de decisão;
  • O parecer da auditoria contábil sugere a correta aplicação de recursos, aumentando a credibilidade dos investimentos;
  • Maior credibilidade e veracidade das informações contábeis/financeiras;
  • Aumento do nível de conformidade fiscal em relação ao cumprimentos das leis contábeis e fiscais.

Quem está apto a realizar auditoria contábil dentro das empresas?

Por força de lei, as auditorias externas só podem ser realizadas por profissionais formados em Ciências Contábeis com registro na comissão de valores mobiliários (CVM).

Por não possuírem vínculo direto com a empresa auditada não existe risco da subordinação interferir no parecer do auditor.

Já na auditoria interna, o profissional que realiza a auditoria não necessariamente precisa ser um profissional da área contábil, podendo conforme o caso ser realizado por profissional de outro setor.

Qual o custo médio de uma auditoria contábil?

A fixação dos honorários é um assunto delicado, já que a ética profissional e o interesse da auditoria não permite que os valores orçados sejam muito altos ou muito baixos, bem como sejam divulgados abertamente, pois são informações sigilosas.

Desta forma fica difícil determinar um custo médio para a realização de uma auditoria contábil já que existem muitos fatores que podem determinar o preço final do serviço prestado.

O porte da empresa a ser auditada, por exemplo, é um dos fatores determinantes para a realização da auditoria, assim como a taxa por hora cobrada por cada auditor por hora de trabalho realizada.

Mas não se preocupe, pois o mercado é bem amplo e tem opções para todos os bolsos e portes de empresa.

Se você possui uma Microempresa ou uma empresa de pequeno porte e está interessado nos benefícios da auditoria contábil, vai encontrar um profissional ou empresa de auditoria que possa atender às suas necessidades orçamentárias.

Qual é o processo básico de uma auditoria contábil?

Via de regra, a auditoria contábil é realizada nas dependências da empresa auditada, sempre precedida de um planejamento e da respectiva aceitação do serviço por parte da contratante.

Primeiramente, através de amostragens, são realizados alguns procedimentos de testes de auditoria, visando:

  • Verificação da integridade e adequação dos registros contábeis;
  • Testes de caixa e bancos;
  • Verificação da existência dos estoques;
  • Testes de imobilização e depreciação de seus ativos;
  • Verificação de financiamentos, empréstimos e outros passivos;
  • Verificação da adequação dos tributos e seus pagamentos;
  • Testes das receitas e despesas da entidade e sua adequação a seus objetivos.

Abaixo listamos seis etapas essenciais que devem ser realizadas no processo de auditoria.

1. Pesquisa ambiental

Nessa etapa é realizado o reconhecimento ou entendimento preliminar do cenário da empresa auditada.

É feita através da coleta de informações sobre o negócios e sua organização, entendimento das operações e consultas às situações comerciais e tributárias da empresa auditada.

2. Planejamento de auditoria

De posse das informações acima colhidas na pesquisa ambiental, o auditor passa para a fase de terminação de estratégias, que se mostram mais efetivas e eficientes.

Assim sendo, ele especifica os procedimentos a adotar para obter evidências, incluindo a aplicação de testes a serem realizados sobre os controles contábeis.

3. Controle interno

Nessa fase os controles contábeis existentes são documentados em detalhes, sendo posteriormente analisados para determinação os pontos fortes e fracos do sistema.

4. Teste de controle

No teste de controle ou de observância, o auditor procura determinar se os procedimentos contábeis estão sendo cumpridos conforme as normas prescritas.

Portanto, o objetivo é verificar se os procedimentos de controle interno estabelecidos estão em efetivo funcionamento e dentro das regras aplicáveis.

5. Teste substantivo

Já nessa fase, o auditor executa os procedimentos substantivos visando assegurar a exatidão dos valores e outras informações disponíveis nas demonstrações contábeis.

6. Parecer do auditor

Por fim, nessa etapa o auditor avalia os resultados obtidos nos testes e revisa a adequação das demonstrações contábeis e notas explicativas, o que dará origem ao parecer de auditoria, redigido em acordo com as normas brasileiras de contabilidade.

Qual o prazo de duração de uma auditoria e como melhor se preparar para cumprir o cronograma?

Com toda a certeza o planejamento é um fator determinante para que uma auditoria contábil seja eficaz e ainda realizada dentro do prazo estipulado.

Para tanto, recomendamos a elaboração de um cronograma com todos os passos do processo.

Primeiramente deve haver a definição clara dos objetos que devem ser atendidos através da auditoria contábil.

Em segundo, é preciso definir os critérios da auditoria que devem ser definidos pela própria empresa auditada nos casos de auditoria interna.

Quando falamos de auditoria externa, os critérios são definidos pelo auditor externo a partir de normas legais ou procedimentos internos para verificar se o objeto auditado encontra-se dentro dos padrões estabelecidos pelas regras específicas da auditoria ou, ainda, por padrões definidos pela organização.

Para melhor condução dos trabalhos de auditoria, deve ser criado um grupo que vai se dedicar ao trabalho bem como definir quem vai liderar a equipe e ocupar o posto de auditor líder, responsável pelo gerenciamento de todo o processo de auditoria.

Por fim, é preciso detalhar cada atividade a ser realizada, estimando-se a duração aproximada de cada atividade para inserção no cronograma de forma a obter a duração total da atividade de auditoria contábil.

Em quais departamentos temos a auditoria contábil?

Como o próprio nome já diz, a auditoria contábil refere-se aos procedimentos para auditar os registros contábeis que são realizados via de regra pela equipe de contabilidade.

Assim, basicamente, a auditoria contábil é realizada dentro do departamento contábil das empresas.

Entretanto, como a contabilidade reflete fatos que ocorrem nos mais diversos departamentos das empresas, qualquer setor da empresa pode participar da auditoria contábil prestando esclarecimentos quando solicitado pelos auditores.

Em vista disso, podemos concluir que uma auditoria contábil traz muitos benefícios para as empresas que se utilizam dessa ferramenta em sua gestão e administração diária.

As empresas que utilizam-se dessa prática têm maior segurança nas realizações de suas atividades, já que contam com o respaldo de profissionais altamente capacitados na legislação contábil e fiscal, dando maior respaldo aos registros contábeis das empresas, facilitando a aquisição de créditos bancários, bem como possibilitando maior credibilidade junto à possíveis investidores.

Cada centavo investido em auditoria contábil retorna em benefícios para a empresa.

O Portal Sped Brasil

O portal Sped Brasil foi criado em 2007 e vem crescendo cada vez mais e tornando-se uma referência no segmento.

Acima de tudo, o SPED Brasil funciona como uma empresa de conhecimento disposta a ajudar empresários, contadores e desenvolvedores.

Junte-se ao grupo pioneiro em SPED no Brasil! Cadastre-se e tenha acesso a maior fonte de conteúdo sobre SPED.

Cadastre-se em Nossa Newsletter

Receba em seu email toda semana as nossas publicações para você se manter sempre em dia sobre as atualizações do SPED.

Você também pode gostar

Top