Our Blog

Contador X Inteligência Artificial: Afinal, onde isso vai dar?

Por Gisleise Nogueira / 8 de março de 2019

Cadastre-se em Nossa Newsletter

Receba em seu email toda semana as nossas publicações para você se manter sempre em dia sobre as atualizações do SPED.

Os contadores se preocupam com a inteligência artificial e os impactos em seu ofício.

Os profissionais desta área sabem da necessidade de questionar intensamente os impactos das novas tecnologias em suas atividade diárias e no futuro de sua profissão.

A seguir, vamos falar sobre…

  • O que é, de fato, a inteligência artificial?
  • Quais as aplicações da inteligência artificial no dia a dia do contador?
  • Quais são os benefícios do uso da inteligência artificial na profissão do contador?
  • Onde isso vai dar? A inteligência artificial vai substituir a profissão de contador?

Assim, se você é contador, continue na leitura deste blog post pois vamos lhe municiar com as informações certas, fazendo com que você reflita sobre a mudança de pensamento decorrente do uso da inteligência artificial.

O que é a inteligência artificial?

Antes de tudo, a inteligência artificial, ou IA, sigla como é conhecida em Português a tecnologia, é um ramo da ciência da computação que se ocupa do comportamento inteligente das máquinas ou sistemas computacionais.

Além disso, é uma área de pesquisa que se dedica a buscar métodos ou dispositivos computacionais que possuam ou multipliquem a capacidade racional do ser humano em:

  • Pensar;
  • Resolver Problemas;
  • Ser mais inteligente (de uma forma mais ampla);

Ao mesmo tempo possui conceitos mais amplos aplicados aos mecanismos ou softwares que agem com inteligência “similar” à humana.

Desta forma, o contador deve lembrar-se de que o principal objetivo dos sistemas de inteligência artificial é a execução de funções que se executadas por um ser humano seriam consideradas como inteligentes.

Características básicas dos sistemas de inteligência artificial

  • Capacidade de aplicar regras lógicas a um conjunto de dados disponíveis para chegar a uma conclusão;
  • Capacidade de aprender com os erros e acertos para agir no futuro de maneira mais eficaz;
  • Capacidade para reconhecer padrões visuais, sensoriais e até de comportamento;
  • Capacidade de aplicar o raciocínio nas situações do cotidiano.

Aplicações da inteligência artificial no dia a dia do contador

Sabemos que a rotina do contador é cercada de tarefas manuais e repetitivas. Por isso, este é um cenário propício para a aplicação da tecnologia da inteligência artificial.

Na execução das tarefas diárias do contador algumas atividades são executadas de forma manual e repetitiva cliente após cliente, dia após dia, tais como:

  • Separação e classificação de documentos contábeis/fiscais para escrituração contábil;
  • Atividades de contabilização de documentos;
  • Atividades de conciliação de contas contábeis e identificação de inconsistências;
  • Atividades de fechamento de balancete/balanços.

Agora imagine a seguinte situação:

Ao invés de seu cliente lhe enviar mensalmente os documentos contábeis, fiscais e financeiros impressos em papel para contabilização, ele lhe enviasse os documentos por meio de uma plataforma online provida com a inteligência artificial.

Isso certamente diminuiria o trabalho braçal efetuado por seus colaboradores, já que o sistema através de sua capacidade de raciocínio e aprendizagem “machine learning” efetuará automaticamente a identificação e classificação de cada tipo de documento.

Isso tudo parece tecnologia do futuro, né? Mas não é!

Já faz parte do dia a dia de muitas empresas e a cada dia que passa mais empresas tem procurado aproveitar os benefícios dessa tecnologia!

Está gostando do artigo? Continue lendo e conheça também os benefícios da inteligência artificial, que só aumentam o interesse das empresas pelo uso da tecnologia.

Benefícios no uso da inteligência artificial para o contador

Nos parágrafos abaixo listamos uma série de benefícios que podem ser aproveitados pelo contador que utiliza de ferramentas de inteligência artificial para automação de processos e atividades.

Redução de custo operacional

Com toda a certeza esse é um dos principais benefícios mais facilmente perceptíveis com o uso da inteligência artificial nos processos e tarefas do dia do contador.

Provavelmente você nunca tenha calculado o custo da grande quantidade de horas, gastas por seus colaboradores, na realização de atividades de classificação de documentos, totalização e conciliação de quantidades e valores.

Assim, podemos afirmar que seus colaboradores gastam boa parte das horas de trabalho em atividades manuais e repetitivas.

Não que sejam atividades de menor importância no rol de tarefas diárias.Pelo contrário, são extremamente importantes no resultado final do processo, já que são insumos para o levantamento do balanço contábil.

Via de regra são atividades que podem ser executadas de forma mais rápida e assertiva se realizadas por SOLUÇÕES com uso de inteligência artificial, já que as máquinas têm vantagens na realização dessas atividades.

Com isso, sobra mais tempo útil para que seus colaboradores trabalhem no core business do seu negócio, que é prestar serviços de consultoria contábil e fiscal aos seus clientes.

Melhoria na eficiência

O benefício da eficiência é facilmente perceptível neste novo cenário, já que a automação das tarefas reduz o tempo de realização das atividades, permitindo a conclusão dos trabalhos em tempo recorde.

Seu cliente nem vai acreditar quando você entregar aquele balancete gerencial dias após o fechamento do mês!

Acredite: isso é possível com a inteligência artificial!

O uso da inteligência artificial nas tarefas diárias do contador propicia um ambiente onde os colaboradores utilizem o seu tempo para atividades com alto valor agregado como análises e serviços de consultoria contábil.

Em suma, os contadores passam a ter mais eficiência na realização dos trabalhos e mais tempo útil para assessorar seus clientes.

SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente

Aqui podemos englobar todos os tipos de atividade que exigem interação entre o cliente e o contador entre eles citamos:

  • Procedimentos administrativos ou financeiros;
  • Questionamentos do cliente sobre procedimentos contábeis ou fiscais;
  • Solicitações de documentos ou serviços.

Os bots (robôs) podem facilmente exercer as tarefas acima de forma mais rápida e assertiva do que seus colaboradores.

Eles têm um banco de dados com informações dos processos e tarefas e vão seguir um fluxo lógico para o cumprimento da tarefa, se a solicitação não for encontrada ou não atender à demanda do cliente, o sistema encaminha para o atendimento presencial.

Mas após a resolução dessa tarefa de forma presencial, o banco de dados é retroalimentado, o fluxo lógico aprimorado para que o cenário ocorrido possa ser conhecido pelo, assim dia a dia, contato a contato seu bot fica mais inteligente.

Contador e inteligência artificial: onde isso vai dar?

Será que a inteligência artificial vai substituir a profissão de contador?

Esse é um questionamento que vem sendo feito por muitos profissionais, já que constantemente a profissão de contador é citada como uma das possíveis atividades que deixarão de existir por conta da inteligência artificial.

Não podemos afirmar a substituição da profissão de contador pela inteligência artificial. Sabemos que a  profissão de contador é muito antiga. Ainda nos primórdios de nossa sociedade, antes da invenção da ciência contábil, nossos antepassado já utilizavam de técnicas de contagem e registro para fins de controle de alimentos.

A contabilidade acompanhou o surgimento do comércio e da indústria, sempre colaborando para as decisões dos empresários e empreendedores.

Além disso, a contabilidade moderna originou-se quando Luca Pacioli elaborou o método de partidas dobradas, regra contábil utilizada até os dias atuais, mas que à época de sua introdução causou pânico entre os guarda-livros (termo usado para designar os contabilistas da época).

A contabilidade também passou pelo processo de informatização de suas atividades, quando livros contábeis escriturados primeiramente à mão e posteriormente via sistemas mecanizados, passaram a ser totalmente escriturado eletronicamente, como exemplo temos a ECD – Escrituração Contábil Digital.

Hoje em dia não é possível pensar em realizar as atividades diárias sem o uso da computação, face aos benefícios que essa ferramenta acrescentou aos processos do contador, tornando-se insubstituível em suas atividades diárias.

Desta forma podemos concluir que o uso da inteligência artificial nas tarefas contábeis e fiscais será mais uma tecnologia que o contador deverá conhecer, dominar e utilizar como ferramenta para persecução de sua atividade de assessoria e consultoria contábil

Assim, a atividade do contador não deve ser substituída pelo uso da inteligência artificial, mas antes deve ser mais valorizada com o uso da mesma, já que os benefícios do uso da tecnologia permitirá que o contador e seus colaboradores dediquem mais tempo para atividades de consultoria.

Cadastre-se em Nossa Newsletter

Receba em seu email toda semana as nossas publicações para você se manter sempre em dia sobre as atualizações do SPED.

Você também pode gostar

Top